segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

"LENDA DA JUSTIÇA DE FAFE"

Na área de Estudo do Meio, no estudo do tema “A História de minha terra” foi proposto aos alunos investigarem um pouco sobre o meio local e então surgiu como não poderia deixar de ser a “Lenda da Justiça de Fafe”.




A Justiça de Fafe é um dos maiores símbolos da nossa localidade e como tal foi feito um monumento.
Este monumento tem como base uma lenda que foi inaugurado em Agosto do ano 1981.
Segundo os mais antigos, esta é a lenda que mais se aproxima da verdade, pois existem várias e qual delas a mais engraçada!
Um Visconde de Moreira de Rei que era um político com muita influência terá chegado atrasado a uma sessão da corte e um tal Marquês também deputado chamou “cão tinhoso” ao Visconde. Este fez que não ouviu.
No final da sessão o Visconde foi tirar satisfações com o Marquês, este não gostou como ainda lhe atirou com as luvas à cara.
Naquela época resolviam-se os conflitos com um duelo, só que quem escolhia as armas eram os ofendidos, o Visconde escolheu paus de marmeleiro. O Marquês como não estava habituado a manejar tal arma o Visconde deu-lhe a primeira paulada e o Marquês só sabia defender-se. O Visconde deu-lhe tanta pancada que o povo que assistia por entre risos e gargalhadas gritava em coro “Viva a Justiça de Fafe” E assim ficou conhecida a lenda da Justiça de Fafe”.

Texto escrito pelos alunos do 3.ºAno

3 comentários:

veronica disse...

Esta é, sem dúvida, a maior "ex-libris" do nosso Concelho...
A história da nossa terra é belo tema para se desenvolver, e tenho a certeza que esta matéria é uma forma de espicaçar a curiosidade dos nossos alunos, transmitindo-lhes algum conhecimento sobre a história local.

Silvia disse...

a lenda da justiça de fafe serviu para os alunos ficarem a saber significado da estátua que a nossa cidade tem atrás do tribunal e o porquê de serem dois homens a lutar.
Carolina Freitas

Cristina e Ana Francisca disse...

suMais uma vez a turma teve oportunidade ds explorar um assunto bastante interessante acerca da nossa cidade e das suas origens. Notei muito interesse por parte da minha filha na exploração e reconto da lenda de Fafe.