terça-feira, 16 de dezembro de 2014

História de Natal "O Pai Natal Trapalhão"

Estava a chegar a hora mais inesperada do Pai Natal, à meia-noite!
Ele lá estava a arranjar-se bem limpinho e bonito!
Acabou de arranjar-se e foi a caminho do seu trenó, e nem quis acreditar no que viu, as suas renas estavam a dormir!
Então o Pai Natal gritou-lhes:
 -Toca a acordar há uma missão a cumprir, não me posso atrasar !!
Nenhuma delas acordou, estavam cheias de sono, isto é que é chamar uma grande preguiça!
O Pai Natal ficou muito nervoso, pensava que todas as crianças do mundo iriam ficar tristes e zangadas por causa dos presentes não serem entregues a tempo.
A mãe do Pai Natal ao vê-lo assim perguntou-lhe:
- O que se passa? Há algum problema?
E o Pai Natal respondeu-lhe:
-Sim. Há um problema com as minhas renas, elas não acordam, mesmo gritando-lhes!
A mãe do Pai Natal foi lá ver e começou a rir-se exclamando:
 - Meu Pai Natal tonto, aquelas renas não são tuas, aquelas são as renas do duende dorminhoco que trabalha na nossa fábrica.
E ele perguntou-lhe:
 - Então se estas  não são  minhas,  onde estão as minhas?
A mãe respondeu-lhe:
-As tuas estão ali prontas a partir, como sempre!
O Pai Natal ficou contente, sabendo que já poderia partir. E desde aí nunca mais se enganou!
                                                                                                                Inês Sofia
 

                                                                                                                  

1 comentário:

Vítor Sousa disse...

O texto está muito bonito. Gostei.
Pedro Miguel Sousa